fbpx

Projeto SER fará reconstrução da mama em mulheres vítimas de câncer

Projeto SER fará reconstrução da mama em mulheres vítimas de câncer

Projeto SER fará reconstrução da mama em mulheres vítimas de câncer

Quarenta mulheres vítimas de câncer de mama serão beneficiadas pelo “Projeto SER” (Self Esteem Restoration, em inglês), ou “Reconstruindo a Autoestima” em São José dos Campos. Todas elas fazem parte de um grupo sem convênio médico e recursos próprios.

Ao todo, são 40 voluntários envolvidos diretamente no projeto, como cirurgiões auxiliares, anestesistas, instrumentadores, enfermagem e secretárias, além das empresas, laboratórios e clínicas parceiras que participam indiretamente.

As cirurgias estavam previstas para maio de 2020, mas tiveram que ser adiadas em razão da pandemia do novo coronavírus, a COVID-19.

Todas as consultas foram realizadas na clínica da Dra. Claudia Francisco Oliveira, cirurgiã plástica e idealizadora do projeto, juntamente com o marido anestesista, Elcio Oliveira, e a filha, Maria Antonio Francisco Oliveira, estudante de psicologia em Boston, nos Estados Unidos.

“Eu sempre estive envolvida em cirurgias plásticas de reconstrução. Desde a minha formação no Instituto Nacional do Câncer até a atuação na minha clínica em São José há 20 anos”, disse ela.

SER. Com o desejo de ajudar mulheres que passam pelo câncer e precisam da reconstrução mamária e de reconquistar a autoestima, melhorando a qualidade de vida de cada uma, Claudia e sua família iniciaram o projeto há menos de 1 ano.

Além da parceria com empresas e voluntários, a médica contou que o projeto já conseguiu muitas doações, porém, a necessidade financeira ainda está em torno de R$ 70 mil para os custos finais de hospital, transporte e hospedagem de médicos voluntários.

A previsão é de R$ 215 mil para as 40 cirurgias.

“Caso o projeto consiga atingir o programado e ser viabilizado financeiramente, daremos seguimento às outras etapas que são a confecção de auréola e mamilo e do equilíbrio da mama oposta”, afirmou Claudia.

O projeto tem o apoio da SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica) e conta com um site (www.projetoseroficial.com) para adesão das mulheres. Neste mesmo site tem o link para doações. No Instagram, o perfil é @projetoser_oficial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat